[P+2T] Ebook Erótico #2: Download gratuito!

quinta-feira, agosto 30, 2012

De tudo o que traziam as mãos de antes

quinta-feira, agosto 30, 2012 0
Autorretrato Ju B. [2010]

olho para as mãos
de antes
presas
dentro de digitais
que hoje não passam
de lembranças frias
e sinto por elas
saudades
do tempo
em que nem todos
os dedos eram iguais

olho para as mãos
de agora tão cheias
de liberdades
de igualdades
de dedos
e  de outros
adornos baratos
inertes
tentando preencher
o vazio das memórias
há pouco carregadas

naquelas mãos de
antes havia um brilho
que nem o presente
pode apagar
nem o passado
preservar
em nós

e nas de agora
vejo espaços
a espera de novos
anéis a exibir e esconder
segredos além de outros
venenos que não brilham
em fotografias.

sábado, agosto 25, 2012

um poema só (e progressivo)

sábado, agosto 25, 2012 0
by Mckean
Acordei
mais
cedo
e com menos
sono
e fome
que o habitual

tomei
um café

não bebido
por duas fatias
de bolo
de laranja
que me apeteceram
repentinamente

voltei
para o quarto
para o bebê
que esperava
por mim
para os escritos
que o sono dele
frag-
men-
ta-
do assim
permitisse

tentei
assistir
a um filme
antigo
junto àquele
tão novo ser:
O Pequeno Príncipe
e estranhei
ao obter tamanho
sucesso na empreitada
com o bebê
dormindo
pude abandonar
o filme e voltar
a escrever tudo
num poema só

ouvi
então
os pássaros
que cantavam ainda
mais alto
que o ronco
dos carros - sinal
de que era cedo
cedo demais até
para escrever
e me perguntei
o que diabos fazia eu
acordada?
se o bebê dormia
nada precisava
assistir. e foi assim
que deixei de lado tudo
aquilo: o filme, o poema
os pássaros, o bebê
e pude, enfim, voltar
a dormir - feito o último.

quarta-feira, agosto 22, 2012

em meus braços

quarta-feira, agosto 22, 2012 1
Autorretrato de uma mãe
em seus primeiros dias [por Ju B.]






tão entregue
dormindo em meus braços
como se eu pudesse de tudo
protegê-lo
como se eu pudesse
para sempre sustentá-lo
em meus braços

ah, se eu pudesse!

quinta-feira, agosto 16, 2012

ServidoS

quinta-feira, agosto 16, 2012 0
Recém-servido, por Ju B.


Solidão
é quando se põe a mesa
com esmero
e carinho e
outros quitutes
múltiplos
para dois
e se acaba
por tomar café
puro, bebido, amargo
e sozinho
ainda
que não fosse
-ou exatamente por
não ser-
esse
o plano
inicial.
a contar
pelo número
de xícaras.

terça-feira, agosto 14, 2012

apenas um abraço

terça-feira, agosto 14, 2012 0
Estudo de Abraço 2 - de Alisson Affonso

Aquele abraço
disse tudo
que nas palavras
(mesmo as escritas)
já não cabia
tudo
que cada tronco
portador de dois
daqueles membros
envolvidos
(com menos força
que antes)
e cada orelha
que ladeava
as cabeças
pendidas
sobre eles
já nem sabia
mas precisava
ouvir.

de tudo ainda não dito (sobre o já feito)

Imagem daqui

No dia
adia
a noite
esfria

na cama cheia
há gente vazia

só o silêncio lhe faz
companhia


[e enquanto mudo
tudo permanece
vivo no breu
do dito pelo 'quem diria']

sábado, agosto 04, 2012

Dá dor que é dó

sábado, agosto 04, 2012 1
acervo pessoal

No pescoço
na altura
da garganta
eis que surge
uma bola
de ar
de saliva
de um não sei
o quê
que não sobe
nem desce
uma dor
que não se engole
uma bola
que

mais
cresce

ah, se eu pudesse
engolir
de todo
a dor
que é mais
tua que minha.
a dor
de quem se ama
deveria ser
também
de posse
nossa

mas não é
a dor
da mãe é dó
por ser no filho
um nó
intransferível.

[Ser mãe é descobrir dez mil maneiras piores de sofrer do que por si]

P+2T: Especial Erótico! Baixe o seu.

Curtiu? Curte lá: P+2T no Facebook

Ou siga por email, inscrevendo o seu aqui:

 
◄Design by Pocket Distributed by Deluxe Templates
Blogger Templates